Dicas e curiosidades sobre a vida em Malta

Quando a internet vira uma arma. #STOPHATE

By 10:58 ,


Sabemos que o bullying nao e de hoje e infelizmente pare que esta longe de acabar. Eu mesmo ja sofri um tanto na escola, sendo magrela, usando oculos e o famoso e temido aparelho 'freio de burro', ou seja, poderia ser pior ne? Enfim nenhuma das inumeras 'brincadeiras' tiveram consequencias no meu eu.



Tendo filhos e uma em idade escolar, faz com que eu pense muito sobre o bullying, a Bella geralmente vem com as perguntas sobre diferencas que ha na escola e eu procuro passar ao maximo que ela deve respeitar a todos, nao dizer que alguem e feio, gordo, por mais que ela esteja irritada, algumas coisas nao devem jamais serem ditas.

Com a chegada da internet, o bullying teve um upgrade e as pessoas maldosas agor fazem o famoso cyberbullying, eu vejo inumeros videos, fotos de pessoas que nao sabem que foram filmadas ou fotografadas e muito menos que isso sera motivo de inumeros compartilhamentos e risadas de gente que nao para pra pensar um minuto na dignidade de quem foi vitima.

O que me pegou foi um artigo de um moco obeso que foi parar na internet porque simplesmente estava dancando e querendo se distrair. Por sorte o que seria um motivo de vergonha, virou e o moco se deu muito bem com uma festa so pra ele com diversas mulheres bacanas, onde ele podera dancar sem ter que se preocupar com a opiniao alheia.

Por isso vim escrever sobre uma campanha bem bacana da radio local junto com o governo maltes, que faz com que as pessoas que andam sofrendo bullying denuncie, principalmente os adolescentes que estao em constante mudancas e acabam sofrendo horrores na escola.

O site STOP HATE, esta ai pra ajudar diversas pessoas a nao sofrerem caladas, em dias de internet todo mundo acha que e o dono da verdade e do mundo.

Sei que tem varias maes aqui em Malta com criancas/filhos na escola. E dicas para ajuda o proximo nunca sao demais. Campanhas como essas tem que ser espalhadas nao so em Malta, mas em todos os lugares.


Leia também:

0 comments