Dicas e curiosidades sobre a vida em Malta

Nao a Violencia Infantil!

By 10:41 ,

Na verdade nao a violencia de maneira alguma e em pessoa alguma, seja crianca, jovem ou idosos! Sou contra a qualquer tipo de violencia, seja ela fisica ou psicologica.


Nao sei o que e ter que levar uma palmada por ter feito algo errado, nunca meus pais tiveram que agir dessa forma quando eu era crianca, mas tambem tudo havia limites e se algo saisse do normal, era castigo, nao passeios e nao brinquedos novos. E por esse motivo quero seguir a mesma linha com a Bella.

O assunto e polemico, mas eu nao sou formadora de opniao nesse assunto, so acho que nem sempre um beliscao ou uma palmada na bunda seja a solucao, e muito menos ainda um soco em uma crianca ou bater e parar so quando ver o sangue escorrrer ou o roxo subir. Infelizmente e triste e muito triste ter que presenciar uma situacao violenta como essa.

Quem bate esquece, mas quem apanha nao esquece jamais!!! Seja em qualquer idade, as marcas deixadas no corpo sao superfulas comparadas com as marcas deixada na lembranca.
Ja vivemos num mundo tao violento, que violencia domestica acaba fazendo com que a gente nao saiba onde mora o perigo e pensarmos que ninguem esta salvo.

Bater e usar de violencia com criancas nao vai fazer delas mais obedientes, vai fazer com que elas crescam mais traumatizadas e com lembrancas ruins de uma infancia que a maioria das pessoas se lembram com tanto saudosismo!

Leia também:

2 comments

  1. Dany,
    Tem toda a razão. Essa campanha se faz necessária, pois quantas crianças sofrem de violência pelos próprios pais. Como se isso resolvesse para ter uma criança obediente.
    Como se esse exemplo fosse o melhor. Muito pelo contrário, só ensinará ao desrespeito e a agressão física. Dá a entender que pode-se resolver os problemas da mesma maneira: agredindo, batendo, xingando. E com certeza não é isso que queremos para os nosso filhos.
    A depender da situação acho que não traumatiza dar um tapinha no bumbum, mas considero mais importante a conversa, a explicação sobre a conduta que a criança teve em determinada situação e, talvez, se for o caso até um tempinho sozinha para pensar e avaliar o que fez.
    Um grande beijo.
    Abraço a causa: Não a violência!!!!!

    ResponderExcluir
  2. POis eh, como eu disse acima, nem sempre palmada resolve, as vezes uma palmadinha se faz necessario, mas conversar e fundamental e faz com que cria-se um dialogo entre pais e filhos baseado em respeito =)

    Bjos

    ResponderExcluir